A Hora do Espanto (1985) – Análise

segunda-feira, março 10, 2014 Ricardo Sousa 5 Comments

Sem dúvidas os anos 70 e 80 foram o grande auge do gênero horror, com o surgimento de novos subgêneros, a ousadia de produções com muita violência foi essencial para esse marco. Uma prova concreta do bom andamento dessas décadas é o surgimento dos vilões Leatherface, Michael Myers, Jason Voorhees e Freddy Krueger que querendo ou não influenciaram uma massa de filmes viciantes, onde muitas vezes o público não consegue odiar o vilão.

Lançado em 1985, A Hora do Espanto (Fright Night) é uma das produções oitentistas que mais influenciou novos surgimentos naquela época e em épocas futuras a ela. Trazendo a brilhante ideia da união do terror com o humor, o filme acabou lançando uma nova visão que ao mesmo tempo em que espanta, diverte. Como curiosidade, é importante lembrar que nos EUA, A Hora do Espanto surpreendeu em seu lançamento, deixando para traz A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge, 1985) em termos de bilheteria, mesmo a sequência de Freddy Krueger tendo um pública já formado.

Focado em trazer uma produção jovem e com obediência a todos os clichês de filmes de vampiros, o diretor e roteirista do filme, Tom Holland se saiu muito bem, pois A Hora do Espanto fez um sucesso estrondoso que até hoje é reconhecido por sua história simples, que acabou dando certo. Se tratando de efeitos, tudo ficou de acordo com os anos 80 e a maquiagem dos vampiros foi o alvo principal.

Como eu havia falado, o filme inovou com a junção do terror como o humor e acabou trazendo mais sentido para as cenas, mesmo assim, caio na opção onde os personagens principais são jovens que não sabem o que querem da vida. 

Se você procura um típico filme de terror dos anos 80, Assista ao Fright Night e divirta-se com esse clássico dono de uma sequência não tão boa, mas bem recebida pela crítica e um remake totalmente desnecessário lançado em 2011, que também recebeu uma sequência lançada em 2013, que eu ainda não conferi.

O filme conta a história de um jovem normal, que ver sua vida mudar após descobrir que seu novo vizinho é um vampiro. Sem saber o que fazer o adolescente pede ajuda para um apresentador de TV, que afirma conhecer o sobrenatural, mas infelizmente não acredita no jovem, que para todos parece está louco, até que se prove o contrário.

NOTA: 5,0 de (0/5)



5 comentários:

  1. Um clássico... Muito bom mesmo. Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  2. Tai atoa?Já zerou a lista de blogs dos favoritos?Procurando conteudo novo?
    Novo blog sobre curiosidades em geral!

    http://cultinu.blogspot.com.br/

    Acessem,vocês não vão se arrepender!

    ResponderExcluir
  3. Esse filme é ótimo, saudades dos anos 80

    ResponderExcluir

Seu comentário é indispensável